SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO REUNE REPRESENTANTES DA COMUNIDADE ESCOLAR E INSTITUIÇÕES



Na última sexta feira, 27 de maio, atendendo ao convite do Secretário da Educação Vieira da Cunha e o Secretário-adjunto Dr. Luiz, estiveram presentes na sala de reuniões do Gabinete, representantes de diversas entidades e instituições, com o propósito de analisar, dialogar e encontrar alternativas para garantir a volta da normalidade nas escolas públicas do Estado, ocupadas há duas semanas.
A reunião contou com membros da ACPM-FEDERAÇÃO, representantes da OAB, da Procuradoria Geral do Estado, do Ministério Público, da Defensoria Pública, do Conselho Tutelar, da Procuradoria Geral do Estado, do Conselho Estadual de Educação, diversos pais e alunos, de Grêmios Estudantis, professoras e diretoras de escolas e a Coordenadora da 1ª CRE.

Inicialmente foi aberta a palavra para representantes da comunidade escolar, que relataram sobre a impossibilidade de acesso ao local por pais, professores e alunos; preocupação com a segurança dos estudantes sem responsável presente; número reduzido de estudantes ocupando a escola e uma maioria querendo voltar às aulas; alunos de Cursos Técnicos e em Supervisão de Estágio necessitando cumprir prazos, entre outras demandas. O Secretário foi questionado também sobre obras e reformas de prédios, necessidade de recursos humanos para completar o quadro de servidores, e ele respondeu que estas questões estão sendo resolvidas de acordo com as possibilidades do executivo.

Após os relatos, pronunciaram-se as instituições acima citadas, as quais defenderam que se utilize incansavelmente o diálogo com estudantes das escolas ocupadas, posicionamento que foi consenso entre todos os presentes à reunião.
O secretário, por sua vez, mostrou-se aberto ao diálogo e informa que aguarda contato dos representantes do movimento de ocupação das escolas, para conhecer e discutir a pauta de suas reivindicações, a fim de entrarem em um acordo, que seja justo e viável para todos. Ele também se dispõe a receber os representantes de alunos de cada Escola e, se preciso for, fará visitas às mesmas, para ficar ciente das suas necessidades e prioridades.

A ACPM-FEDERAÇÃO considera importante que neste momento todos busquem o DIÁLOGO, para conseguirmos solucionar os problemas que envolvem a EDUCAÇÃO no Estado, lembrando que o prejuízo maior com a falta de aulas é dos ALUNOS.
ACPM - FEDERAÇÃO RS. Tecnologia do Blogger.