ACPM-FEDERAÇÃO apoia manifestação do INSTITUTO DE EDUCAÇÃO FLORES DA CUNHA - pela manutenção das atividades escolares

O INSTITUTO DE EDUCAÇÃO GENERAL FLORES DA CUNHA, localizado em Porto Alegre, teve início das obras de restauração em 2016. A partir desta data, inúmeras paralisações foram responsáveis pelo atraso dos trabalhos e alguns aditivos no contrato, não tendo mais prazo para a finalização. Enquanto permanece o impasse, estudantes da instituição seguem estudando nas dependências das escolas estaduais Roque Callage, Rio Branco e Felipe de Oliveira.

HISTÓRIA -  em 1930 foi determinada a construção da sede na Avenida Osvaldo Aranha. As obras foram completadas em 1936. Um decreto de 1939 conferiu-lhe a presente denominação. O prédio foi tombado pelo município em 1997 e pelo IPHAE em 2006.

CURSO NORMAL - a caminhada rumo à docência inicia ainda no magistério, apesar da atual realidade de quem opta pelo curso, a duração e o estágio, pois é um curso que mais exige dedicação dentro e fora de sala de aula. O Curso Normal possibilita o aprofundamento de conhecimentos, competências e habilidades que permitam o prosseguimento dos estudos e prepara para o exercício da atividade docente na Educação Infantil e nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. Os estágios supervisionados preferencialmente são realizados na rede estadual de ensino, e na rede municipal, seguindo supervisão e validação de estágio da escola estadual na qual o estudante estagiário está matriculado. 

No último mês de MAIO, através de um vídeo institucional, o Governo do Estado anuncia a retomada das obras em JULHO, e conclusão da restauração para 2022, conclui que o Instituto será destinado a um projeto educacional. Sem qualquer comunicação com a comunidade escolar, ignorando suas expectativas e movimentos em favor da manutenção dos estudantes no local, uma decisão unilateral decide o futuro do Instituto. 

Neste sentido, a ACPM-FEDERAÇÃO apoia a o movimento da comunidade escolar e porto-alegrense, com a participação do CPM da escola e do Conselho Escolar,  na retomada das atividades escolares, assim que as obras forem finalizadas.





ACPM - FEDERAÇÃO RS. Tecnologia do Blogger.